Eduardo Lourenço "eleito" conselheiro de Estado por Marcelo

O telefone do ensaísta e escritor tocou no início desta semana. Do outro lado falava Marcelo Rebelo de Sousa, que em tempos sondou Eduardo Lourenço para o cargo.

Dos nomes que podem ser escolhidos pelo Presidente da República para o Conselho de Estado, o de Eduardo Lourenço é o primeiro ser conhecido.

Eduardo Lourenço ficou muito surpreendido com o convite de Marcelo Rebelo de Sousa

00:0000:00

O convite foi feito pelo chefe de Estado eleito. Telefonou, no início da semana ao ensaísta e escritor. Eduardo Lourenço contou à TSF, como aconteceu.

"No princípio desta semana, o nosso novo Presidente teve a gentileza de me telefonar para me convidar para integrar o Conselho de Estado. Fiquei surpreendido. Não sou alguém com importância na ordem política, por isso não sei muito bem o que dizer, a não ser agradecer a gentileza e contribuir dentro do possível para fazer parte do Conselho de Estado".

Eduardo Lourenço revela que já havia sido sondado por Marcelo Rebelo de Sousa. Não diz quando, mas garante que era o assunto estava esquecido até que...

"Já tinha tido uma indicação de Marcelo Rebelo de Sousa... em tempos. Ele falou-me disso, mas considerei que era um gesto de simpatia. Não me lembrei mais disso e agora fico reconhecido pela sua memória absoluta. Fiquei muito surpreendido, porque sendo uma pessoa preocupada com a política, não sou político".

Do Presidente da República eleito a 24 de janeiro, Eduardo Lourenço diz ter escutado palavras de incentivo.

"Ele disse-me que gostaria de contar comigo e com outras pessoas que serão nomeadas para essa função, que é uma função de aconselhamento ao mais alto nível nas funções do Estado e do nosso Presidente".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de