"Estou preocupado com o partido, estou atento e estou a observar"

No Fórum TSF, Miguel Pinto Luz admitiu preocupação com o estado do PSD e do país mas não avança, para já, com uma candidatura.

Miguel Pinto Luz, presidente da distrital de Lisboa do PSD, afirmou que está preocupado com o estado do partido, que considera "absolutamente central na democracia portuguesa".

Em declarações esta quarta-feira, no Fórum TSF, o social-democrata revelou que está atento à situação no PSD mas que não se coloca "em bicos de pés" para assumir a liderança do partido.

"Estou preocupado com o partido e com o país", admitiu Miguel Pinto Luz. "Estou atento, estou a observar (...) e naturalmente, fico agradecido que o partido se lembre do meu nome, mas nunca me coloquei em bicos de pés", disse.

O presidente da distrital de Lisboa do PSD falou numa necessidade de renovação das caras do partido. "Não quero andar 10 páginas para trás e ver os rostos de sempre", insistiu.

Miguel Pinto Luz lembra, no entanto, que, além de nomes, é importante destacar as ideias que o futuro líder poderá trazer para o partido. "Não interessa só discutir rostos, interessa discutir aquilo que os rostos querem trazer para o debate político.

Questionado sobre que rosto poderá ficar à frente do PSD, Miguel Pinto Luz afirmou que "são vários os candidatos que se colocam", mas destacou o eurodeputado Paulo Rangel, que considera ser "um homem que já deu a cara pelo partido em diversas frentes".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de