A esquerda deve continuar unida em 2019

Manuel Alegre não vê na nova liderança do PSD uma ameaça à atual solução governativa.

O histórico socialista espera " que o acordo à esquerda seja repetível" e até fala de "bases mais sólidas, com perspetivas de futuro".

Defensor da atual solução governativa, Manuel Alegre vê na eleição de Rui Rio o sinal de uma oposição mais forte, mas não antecipa, nem imagina que PS e PSD possam reeditar um bloco central: " não seria saudável para a democracia".

Nestas declarações à TSF, Alegre reforça a ideia de que uma oposição forte obriga o Governo a não dormir à sombra dos objetivos alcançados.

Declarações de Manuel Alegre um dia depois de Rui Rio ter sido eleito para a liderança dos social-democratas.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de