"A oposição pavloviana" no PSD, segundo Pacheco Pereira

A moção de censura ao Governo e a escolha dos candidatos às eleições europeias foram o tema do debate desta semana na Circulatura do Quadrado.

A moção de censura ao Governo chumbada no parlamento e a escolha dos candidatos às eleições europeias foram os temas do debate desta semana na Circulatura do Quadrado.

Para Jorge Coelho, "a moção de censura deu um apagão total ao PSD", referindo-se à incongruência no partido: alguns dirigentes sociais-democratas disseram que a moção do CDS não servia para nada mas o sentido de voto foi a favor.

Já António Lobo Xavier entende que "houve razões para apresentar a moção de censura", como por exemplo, a remodelação governamental. O comentador sublinhou que a mudança no executivo "é inconcebível."

"Esta remodelação merece censura. Os serviços públicos estão a funcionar mal e a economia está a cair", disse.

Para Pacheco Pereira, a moção de censura "é legítima" mas o "tiro no pé" foi o timing em que foi apresentada, numa referência às eleições europeias. O painel de comentadores da Circulatura do Quadrado deixou ainda uma palavra sobre os candidatos apresentados pelos partidos às eleições marcadas para maio.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de