PSD

"Estou a ponderar", diz Luís Montenegro sobre liderança do PSD

Ex-líder do grupo parlamentar do PSD admite, na TSF, que está a ponderar avançar com uma candidatura à sucessão de Pedro Passos Coelho. Avançar, garante, "não depende de ninguém".

À semelhança de Pedro Passos Coelho, também Luís Montenegro afirma que não estava à espera dos resultados eleitorais do passado domingo, mas, conhecidos os resultados e consumada a saída de Pedro Passos Coelho da liderança do PSD, o antigo líder da bancada social-democrata admite que está a ponderar entrar na corrida à sucessão.

"Sou um daqueles que tem a responsabilidade de fazer a ponderação, de ouvir muitas pessoas", disse, na TSF, Luís Montenegro, nos "Almoços Grátis", uma rubrica incluída no programa Almoço TSF, no qual o social-democrata debate todas as quartas-feiras com o líder parlamentar do PS, Carlos César.

Questionado sobre se a ponderação depende, ou não, do eventual anúncio de candidaturas, por exemplo, por parte do eurodeputado Paulo Rangel, o antigo líder parlamentar do PSD adianta que "não depende de ninguém, depende da avaliação que eu vou fazer, ouvindo as pessoas que eu entendendo que devo ouvir".

"Estou muito tranquilo a fazer esse exercício", garante, sublinhando que tem "uma liberdade total para poder decidir aquilo que achar melhor para o país e para o meu partido". Nesse sentido, acrescenta: "Qualquer militante e dirigente deve encarar agora de forma sensata o momento político".

A movimentação "premeditada" de Rui Rio, diz Luís Montenegro

Na TSF, Luís Montenegro salienta que "não estava a premeditar uma candidatura", até porque, diz, "estava à espera de um resultado [eleitoral] melhor", o que o levaria a "continuar a apoiar" a liderança de Pedro Passos Coelho.

O social-democrata comenta, no entanto, os avanços por parte de outros potenciais candidatos, como é o caso de Rui Rio.

"Bem sabemos que há um desses militantes que já tem uma ação que estava premeditada , que é o doutor Rui Rio", afirma, salientando que "há vários anos" que o ex-autarca "tem tentado criar condições para assumir liderança do PSD"

Segundo Luís Montenegro, uma candidatura de Rui Rio "era expectável" e "muito positiva para o debate interno".