Frente Comum vê um "quadro mais favorável" para reivindicar

A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública considera que o atual cenário político é mais favorável às reivindicações dos trabalhadores. Aumentar salários em 4% é uma das prioridades.

"Vamos lutar para que os trabalhadores percebam que o quadro é mais favorável", disse a coordenadora da Frente Comum.

Em declarações à TSF, Ana Avoia adiantou que com a nova distribuição parlamentar, os trabalhadores da Função Pública "podem lutar pelas reivindicações que há 4 anos andam a fazer e que é urgente que se resolvam".

O caderno reivindicativo da Frente Comum para a próxima legislatura integra temas como a reposição dos cortes feitos aos salários desde 2011, a revogação "imediata" da lei das 40 horas de trabalho, o alargamento dos escalões do IRS e o descongelamento das carreiras na Função Pública.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de