Política

Nuno Melo é o cabeça de lista do CDS às Europeias

O atual eurodeputado centrista vai liderar a lista às eleições europeias de 2019, anunciou ao congresso Assunção Cristas.

A líder do CDS considera que Nuno Melo "é alguém que habituou a palavras rigorosas, que impõe respeito", como disse aos congressistas numa breve intervenção, antes de Nuno Melo intervir no congresso, em período nobre dos noticiários, sob fortes aplausos.

Antes, Telmo Correia já tinha considerado que "Nuno Melo é um vencedor na Europa" e que "vai conseguir um grande resultado".

Nas próximas europeias, o CDS volta a concorrer em lista própria e Nuno Melo já considerou que essa opção potencia um bom resultado, lembrando que quando o CDS "foi sozinho" elegeu dois deputados (ele próprio e Diogo Feio).

Nas últimas europeias, o CDS concorreu em listas conjuntas com o PSD e Diogo Feio não conseguiu ser eleito.

Feio já anunciou que não vai entrar na corrida por razões profissionais e por ser responsável pelo Gabinete de Estudos do CDS.

  COMENTÁRIOS