Eleições

Todos devem denunciar e bloquear fake news. Por uma "campanha limpa"

Para combater desinformação é preciso parar de partilhar conteúdos falsos, mas também bloquear e denunciar ativamente os portais de fake news na internet.

Em ano de vários atos eleitorais - eleições Europeias, regionais da Madeira e legislativas - um grupo de cidadãos juntou-se em prol de uma "campanha limpa" - "sem mentira" nem "desinformação".

PUB

A ideia partiu da encenadora e atriz Sara Carinhas, que escolheu o 25 de Abril como data simbólica para lançar um apelo contra a partilha e pela denúncia de informações falsas nas redes sociais.

O manifesto #25abrilnaRede pede uma ação concreta contra "a intoxicação de quem despreza a democracia", e por isso ensina também como denunciar e bloquear conteúdos falsos no Facebook, Instagram e Twitter .

Até os próprios jornalistas podem, sem saberem, ser os mensageiros de fake news, alerta a jornalista Diana Andriga, uma das subscritoras deste manifesto. A velocidade do ritmo noticioso, a concorrência e a falta de gente nas redações aumentam o risco.

  COMENTÁRIOS