Inviabilizar acordo à esquerda seria um erro histórico do PCP

Fundador do PS e mandatário nacional de António Costa nas últimas eleições, António Arnaut lembra que foi Jerónimo de Sousa quem disse, depois das eleições, que "o PS só não seria Governo se não quisesse".

A caminho dos 80 anos, António Arnaut diz que a possibilidade de um governo de esquerda seria viver um sonho. " A minha esperança é, nos anos que me restam de vida, poder viver um Governo de esquerda".

O histórico socialista diz que as conquistas de Abril não podem ser ainda mais decapitadas e que o PCP tem a responsabilidade de viabilizar uma alternativa à actual coligação de direita." Falhar seria perder uma oportunidade histórica".

António Arnaut defende que inviabilizar acordo à esquerda seria um erro histórico do PCP

00:0000:00

Como "compagnon de route" de muitos comunistas que lutaram nas ruas, Arnaut diz que se sente legitimado a apelar à compreensão do momento particular que o país vive. O PCP pode quebrar os seus próprios tabus e derrubar muros que ainda existem na sociedade portuguesa.

António Arnaut apela ao PCP para a compreensão do momento particular que o país vive

00:0000:00

Se o acordo falhar? António Arnaut diz que não restará ao PS alternativa que não seja viabilizar, abstendo-se, o programa de governo da coligação.

Palavra dada é palavra honrada", como disse o secretário geral do PS. Mas a esperança resiste no fundador do PS que acredita que António Costa tem capacidade para dobrar este "Cabo das Tormentas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de