Novo ministro da Ciência quer recuperar confiança de cientistas

Manuel Heitor tem como primeira prioridade "chamar a comunidade científica a identificar-se com a Fundação para a Ciência e Tecnologia".

Manuel Heitor esteve seis anos ao lado do falecido ministro da Ciência, Mariano Gago, como secretário de Estado. Chega agora a ministro, com a tutela da Ciência, Tecnologia e o Ensino Superior, separado do ensino Básico, recuperando o modelo criado nos anos 90, precisamente por Mariano Gago.

Prestes a tomar a posse, Manuel Heitor propõe-se dialogar para mudar as tarefas da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Numa entrevista à agência Lusa, o governante revela que está pronto para começar o diálogo com a comunidade científica, depois de um período em que considera que a orientação era de uma separação da FCT.

Manuel Heitor quer reforçar a relação entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia e a comunidade científica

00:0000:00

O professor catedrático do Instituto Superior Técnico em Lisboa, defende que "não há mais alternativa para Portugal do que ser um país com base no conhecimento e na ciência".

Sobre o novo cargo, Manuel Heitor disse que o acolheu como "um desafio", já que não tinha na agenda "voltar à política ativa".

Esta quinta-feira, às 16:00, toma posse como ministro da Ciência, Tecnologia e o Ensino Superior.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados