PCP garante fazer "todos os esforços" para que Lei de Bases da Saúde seja aprovada

Jerónimo de Sousa assegurou que o partido irá "até ao fim" para garantir o "direito à saúde".

O secretário-geral do PCP garantiu esta quinta-feira que os comunistas estão "a fazer todos os esforços possíveis" para que a Lei de Bases da Saúde seja aprovada, assegurando que vão "até ao fim" para garantir o "direito à saúde".

"Creio que há um processo de diálogo, de reunião. Estamos a fazer todos os esforços possíveis para que seja aprovada uma Lei de Bases da Saúde", disse Jerónimo de Sousa aos jornalistas no final de uma reunião de cerca de uma hora com o Presidente da República, quere decorreu no Palácio de Belém, em Lisboa.

O líder comunista lembrou que um processo idêntico foi seguido "em relação à Lei de Bases da Habitação, a primeira Lei de Bases da Habitação a ser aprovada".

"Em relação à saúde, como digo, o processo de diálogo persiste", apontou, garantindo que o PCP vai "até ao fim procurando que constitua um passo em diante na defesa do direito à saúde dos portugueses".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados