Portugal está pronto para "uma eventual saída sem acordo no dia 12 de abril"

Santos Silva reforça a disponibilidade do Conselho Europeu em ouvir alternativas ao acordo, promovidas pela Câmara dos Comuns.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, garantiu esta sexta-feira em declarações à TSF que Portugal e a Europa estão completamente preparados para uma saída sem acordo do Reino Unido, tal como já o estavam caso tal acontecesse esta sexta-feira.

"Temos de enfrentar a alta probabilidade de poder haver uma saída sem acordo e para isso nos temos preparado com os planos de contingência, quer a nível europeu quer nacional. Estamos preparados, já estávamos preparados para uma eventual saída sem acordo hoje, 29 de março. Agora, estamos preparados para uma eventual saída sem acordo no dia 12 de abril", fez notar Santos Silva, que reagiu assim ao terceiro chumbo da Câmara dos Comuns ao documento negociado por Theresa May.

O 'sim' pela saída com acordo a 22 de maio teve 286 votos e o 'não' 344, uma margem de 58 votos a favor da saída desordenada a 12 de abril. Perante estes resultados, o chefe da diplomacia portuguesa reforça que a saída sem acordo é o cenário "mais negativo possível" e que, por isso, o Conselho Europeu continua disponível para ouvir as alternativas que o parlamento britânico possa vir a apresentar.

"Do nosso ponto de vista é sempre um cenário negativo. É o cenário mais negativo possível, a saída sem acordo.Se as autoridades britânicas conseguirem, entretanto, chegar elas próprias a uma decisão sobre propostas alternativas à saída sem acordo, a dirigir ao Conselho Europeu, que está naturalmente disponível para examiná-las. Por isso mesmo, o presidente Donald Tusk já convocou, para o próximo dia 10 de abril, um Conselho Europeu", relembrou Santos Silva.

Uma saída desordenada do Reino Unido da União Europeia é agora "o cenário provável" , assume a Comissão Europeia, indicando que o bloco comunitário está "plenamente preparado" para um Brexit sem acordo no dia 12 de abril.

LER MAIS:

- Parlamento britânico chumba pela terceira vez acordo sobre Brexit

LEIA AQUI TUDO SOBRE O BREXIT

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de