PSD vai chamar instituições europeias à comissão do caso Banif

O partido não revela para já em concreto que instituições internacionais, mas salienta a necessidade de esclarecer de forma cabal o que aconteceu sobretudo nas últimas quatro semanas em relação ao banco. E insiste na realização de uma auditoria externa independente ao caso.

Sem adiantar ainda que instituições europeias pretende chamar para prestar esclarecimentos sobre o caso Banif, o PSD assume a intenção de chamar várias instituições à comissão. À conversa com os jornalistas, António Leitão Amaro diz ter havido um grande volte face de posições das instâncias nacionais e europeias a propósito do caso que tem de ser esclarecido.

António Leitão Amaro disse que houve mudança de posições no caso Banif

00:0000:00

O PSD quer também voltar a pedir a realização de uma auditoria externa independente ao caso BANIF e garante ser fundamental que haja um juízo não político em relação ao que aconteceu. Sobre isso, o deputado diz temer que haja partidos a querer transformar o processo numa questão político partidária.

Para integrar a comissão, o PSD vai propor o nome de Marques Guedes para vice-presidente. Carlos Abreu Amorim terá a cargo a coordenação, tal como aconteceu na comissão do BES. Entre os membros efetivos, estará também Miguel Morgado, Inês Domingos, Margarida Mano, Pedro do Ó Ramos e Rubina Berardo. Como suplentes, o partido indica António Leitão Amaro, Carlos Silva e Marco António Costa.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de