Rio considera proposta de Lei de Bases da Saúde do BE "materialmente impossível"

Líder do PSD questiona viabilidade de um serviço exclusivamente público de Saúde e garante que PSD está disponível para avançar com um acordo com o governo para o setor.

Rui Rio garantiu esta quarta-feira que o PSD está disponível para avançar com um acordo na saúde, tendo em conta o que já é conhecido da proposta de Lei de Bases apresentada ontem por Maria de Belém Roseira, a pedido do governo. Questionado pelos jornalistas, à margem de um encontro com o Conselho Superior do Ministério Público, na sede da PGR, em Lisboa, o líder do PSD explicou que, ao contrário do que acontece com a proposta do Bloco de Esquerda, a posição apresentada ontem pela antiga ministra socialista vai ao encontro daquilo que defende o partido que lidera.

Sublinhando o que separa as propostas de Lei de Bases da Saúde apresentada pelo governo - um Sistema Nacional de Saúde com serviço público, privado e social - da do Bloco de Esquerda, Rio defende que a proposta bloquista é inviável.

"O Bloco de Esquerda tem uma posição ao contrário, de que deve ser tudo público", explicou, considerando não saber "nesta altura como seria materialmente possível".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de