Fundador da Web Summit pede desculpa aos portugueses

Num texto publicado no Twitter, o responsável pela Web Summit explica ainda que o jantar no Panteão Nacional foi organizado "de acordo com as regras" e "com respeito".

Paddy Cosgrave começa por pedir desculpa aos portugueses e explicar que como irlandês encara culturalmente a morte de forma diferente dos portugueses.

O responsável pela Web Summit escreve ainda no Twitter adora Portugal como "uma segunda casa" e que "nunca ofenderia os grandes heróis do passado de Portugal".

"Pedimos desculpa por qualquer ofensa causada. Este foi um jantar organizado de acordo com as regras do Panteão Nacional, e realizado com respeito. A Web Summit estava a tentar homenagear a história de Portugal e quis que os nossos convidados apreciassem o passado histórico do país", escreve ainda Paddy Cosgrave.

O fundador da Web Summit recorda ainda que, em 2016, o jantar mais importante dos founders aconteceu na Catedral de Christ Church, em Dublin, na maior cripta do Reino Unido e da Irlanda.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de