A marcha de Carnide saiu à rua

O presidente da junta de Carnide quis dar alguma alegria em vésperas de Santo António e, com os arraiais proibidos, fez circular pelas ruas da freguesia uma carrinha com as marchas.

Lá vem a marcha de Carnide: um trio, de marchantes, com as cores da freguesia, em cima de uma carrinha, enfeitada com arquinhos e balões. É a marcha que se pode ter, para ver na rua, no largo do coreto, ou da janela: "Ora aí está uma bela ideia", dizem na rua e nas janelas.

A carrinha para e avança. À frente, o carro da policia e pelo meio mais dois polícias de bicicleta. Nas ruas estreitas de Carnide, a marcha vai ecoando nas paredes das casas que até parece que vieram de outros sítios.

O presidente da junta de freguesia, Fábio de Sousa, quis trazer alegria à rua. Nesta forma contida, é certo, mas sempre a marcha na véspera de Santo António.

Na rua batem palmas, nas janelas acenam e, embora a chuva da manhã tenha trazido alguma acalmia, são os dias assim e nem São Pedro ajuda nas vésperas de Santo António.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de