Doença da Juventude

Doença da Juventude é o novo espetáculo do Teatro Aberto, em Lisboa, com encenação de Marta Dias.

É um texto de Ferdinand Brucker, escrito na primeira parte do século passado, entre as duas grandes guerras, o texto agora foi adaptado, novas palavras, Marta Dias a encenadora, garante que o que interessou foi uma certa essência humana que não perde atualidade. Uma jovem acaba o curso de medicina e vai agora começar a vida de trabalho, vai haver uma festa, com a hipocrisia, antigos e novos amigos, a ambição e esse lugar de médico, o que salva, o que vai salvar vidas. Nunca veremos a festa, há o antes e o depois, a preparação desse lugar iniciático, como se não tivesse havido vida antes, e a deceção do depois da festa.

VERSÃO, DRAMATURGIA E ENCENAÇÃO:Marta Dias, CENÁRIO, Marisa Fernandes, FIGURINOS, José António Tenente, LUZ, Marcos Verdades, VÍDEO, Eduardo Breda, COREOGRAFIA, Cifrão, COM, Carolina Carvalho | Eduardo Breda | Filipa Areosa | Helena Caldeira | Madalena Almeida | Samuel Alves | Vítor d"Andrade

Doença da Juventude, está no Teatro Aberto, na praça de Espanha, em Lisboa e fica de quarta a sábado às 9 e meia da noite, domingo às 4 da tarde.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados