Festival de Teatro de Viseu regressa com 18 espetáculos com 200 participantes

Depois de uma pausa forçada de dois anos, imposta pela Covid-19, está de volta a Viseu o Festival de Teatro. A iniciativa começa este domingo e até 12 de junho vai juntar perto de 200 participantes em 18 peças.

O espectáculo "Teatro de Operações" da Zunzum Associação Cultural abre este domingo, às 16h00, a 21ª edição do Festival de Teatro da cidade. A peça recupera as memórias dos Bombeiros Voluntários de Viseu.

"É uma oportunidade de partilhar este processo, este trabalho que temos vindo a desenvolver com a comunidade, de participar no festival, no caso desta edição de partilhar as memórias, mostrar o que ser bombeiro e homenageá-los também", refere Márcia Leite, da direção artística da Zunzum.

A responsável não esconde o agrado com este regresso do evento que envolverá perto de 200 pessoas, entre crianças, jovens e adultos de escolas e associações do concelho.

Depois de uma pausa de dois anos, os atores estavam com sede de palco, salienta a vereadora da cultura na Câmara de Viseu, Leonor Barata.

"Eu acho que tanto os professores, como os responsáveis, como os próprios alunos estavam ávidos de poderem voltar ao palco", afirma.

Até 12 de junho serão apresentadas 18 peças no Auditório Mirita Casimiro, sede dos Bombeiros Voluntários de Viseu e no parque da cidade.

"A ideia de um festival de teatro que nos permita conhecer aquilo que se vai fazendo no teatro amador e juvenil e também escolar no nosso território é muitíssimo importante porque são nestes laboratórios de criação que depois se começam a formar os novos artistas", sustenta Leonor Barata, acrescentando que o evento cultural pretende também passar "a ideia de que a arte pode ser um mecanismo, e sobretudo o teatro, para a inclusão, criação de laços e até para a abertura para novos mundos e chegada a novos conteúdos através dos conteúdos artísticos".

Os 18 grupos participantes receberam 350 euros para montar as peças de teatro. No final do festival serão atribuídos vários prémios.

"Para o melhor espetáculo, melhor interpretação feminina, masculina, melhor texto, melhor encenação, prémios que não têm como objetivos a competição, mas o reconhecimento e a valorização destas iniciativas", defende.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de