Governo decreta um dia de luto nacional pela morte de Agustina Bessa-Luís

O primeiro-ministro já lamentou o desaparecimento da escritora, que tinha 96 anos.

O Governo, por indicação do primeiro-ministro, António Costa, decretou na terça-feira um dia de luto nacional pela morte da escritora Agustina Bessa-Luís, confirmou à TSF fonte do executivo.

O chefe do executivo referiu que "Portugal perdeu uma das suas mais notáveis escritoras contemporâneas".

"Como toda a grande literatura, a obra de Agustina Bessa-Luís é uma imensa tela sobre a condição humana, sobre o que temos de mais misterioso e profundo. Sentidas condolências à família e amigos", escreve António Costa numa nota publicada no Twitter.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de