GUIdance 2022. A " Mundança" está quase a chegar a Guimarães

Festival vimaranense chega, em 2022, à 11.ª edição, que se realiza entre 3 a 12 de fevereiro.

GUIdance, o festival Internacional de dança contemporânea regressa esta quinta-feira a Guimarães com o lema "Mundança". Rui Torrinha, diretor-artístico do festival, acredita que, com "muita ousadia" juntaram o "mundo com a dança", porque, na sua opinião, "é cada vez mais importante reforçá-la, porque esta é a edição de relançamento".

Isto acontece porque, em 2021, "não foi possível ter as companhias em palco e os bailarinos em Guimarães" devido à Covid-19.

O diretor-artístico diz que a mudança é algo "que todos precisamos e podemos fazer através da dança" e é representativo da "visão utópica da mudança do mundo". Dez criações rodam por três palcos, juntando criadores emergentes e nomes mais conceituados.

O susto é um mundo, de Vera Mantero e Escala com a dupla Sofia Dias & Vítor Roriz são alguns dos espetáculos que poderão ser vistos no CCVF (Centro Cultural Vila Flor).

No entanto, o festival, segundo Rui Torrinha, propõe "uma série de emoções e perceções nesse grande turbilhão em que temos de tentar seguir em frente".

O festival tem 10 espetáculos ao todo, onde alguns já estiveram presentes em Guimarães, mas outros são "peças que são fundamentais daquilo que é a identidade e criação em Portugal, acrescenta.

Todos os espetáculos prometem "criar uma linguagem diversa a partir do corpo". O GUIdance realiza-se entre os dias 3 e 12 de fevereiro, em Guimarães e vai contar, além dos eventos no CCVF, ainda debates, masterclasses e visitas a escolas.

*Notícia atualizada às 9h24

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de