Hamlet, Cómico e Trágico

A Companhia Filho do Meio, depois de três comédias de Shakespeare, apresenta agora a primeira de três tragédias, Hamlet.

É uma promessa do ciclo, três comédias, três tragédias, sempre de Shakespeare, agora está em cena a primeira das três tragédias, do Filho do Meio, com encenação de Luís Moreira, onde agora passam para outro registo, embora a comédia seja irmã, talvez do meio, da tragédia. A base do texto já traz tudo, Luís Moreira não mudou nada no texto o essencial da história do Hamlet, está lá todo. O pai de Hamlet, desaparecido , morto pelo irmão e mulher, não sai de cena, assim do pé para a mão. está muito presente o fantasma do rei, agora traído. Uma madrugada tenebrosa com Hamlet, onde o Filho do meio traz uma outra ideia da peça de Shakespeare.

Texto de William Shakespeare; Tradução: Fernando Villas-Boas; Encenação de Luís Moreira; Assistência de encenação: Ana Baptista, Leonor Buescu; Interpretação: Alice Medeiros, André Pardal, António Pedro Ramalhinho, Filipe Abreu, Frederico Coutinho, José Matos de Oliveira, José Redondo, Nuno Pinheiro, Luís Lobão, Rita Loureiro, Valter Teixeira, e a voz de José Neto; Cenografia e Figurinos: Maria Gonzaga; Desenho de Luz: Rui Seabra; Movimento: Joana Chandelier; Fotografias: Vitorino Coragem; Produção: Filho do Meio. Com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação GDA.

Hamlet da Companhia Filho do Meio, está no teatro do Bairro, em Lisboa e fica de quarta a sábado às 21h30 e ao domingo às 17h00, até 2 de fevereiro.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de