Haze Gaze, uma passagem entre o inferno e o paraíso.

Haze Gaze, é um espetáculo que parte da Divina Comédia de Dante, agora no Purgatório, uma adaptação livre de Silvana Ivaldi.

Haze Gaze, é a segunda parte de uma ideia, que começou a partir do Inferno de Dante Alighieri, e agora, entra no purgatório, esse meio, entre o inferno e o paraíso. Silvana Ivaldi, quer fazer deste purgatório, o seu próprio lugar de reflexão, talvez autobiográfico, dela e de todos nós.

Silvana Ivaldi admite que possa ser ousado, esta ideia abrangente, mas vai buscar ao purgatório, de Dante, a matéria-prima para este espetáculo, peneirado e para quem conheça o texto, pode reconhecer o que está neste Haze Gaze, como resquícios de Dante.

Um purgatório que segue com música, tricotando todas as palavras, os movimentos, as ideias, será teatro, será dança, será o que será, não há um termo concreto, para definir a forma, são todas as formas, teatro, dança, concerto, performance, instalação.

o Purgatório, é isso mesmo, um lugar de purga, mas também um caminho, ainda tudo é possível, mas será preciso fazer uma reflexão, ou fazer a pergunta em voz alta, como poderemos alcançar a redenção?

criação, dramaturgia e performance

Silvana Ivaldi

design de som e performance

Bruno Pereira

design de luz

Vera Martins

texto

Pedro Barreiro, Ricardo B. Marques e Silvana

Ivaldi

apoio à criação e à dramaturgia

Pedro Barreiro

apoio ao movimento

Joana Castro

imagem promocional

Tatiana Saavedra

comunicação

Mafalda Miranda Jacinto

residência de co-produção

O Espaço do Tempo

Haze Gaze, estreia a 1 de dezembro, quinta-feira feira e fica até até sábado, 3 de dezembro, sempre às 20h00, na Rua das Gaivotas 6, em Lisboa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de