Lorenzaccio, Tudo Igual no Poder

Lorenzaccio, é o novo espetáculo, do Teatro do Bolhão, sobre o poder e queda dos Medici, em Florença, do século XVI.

Desde o primeiro dia que a companhia do Bolhão persegue esta ideia de encenar Lorenzaccio, é agora, com o empurrão do Teatro Nacional S. João. Lourenzo, assassina o primo, o tirano do ducado de Alessandro de Medici e derruba o poder, mas tudo fica na mesma, daí o nome Lorenzaccio. A encenação é de Rogério de carvalho, mas aqui a voz é de Pedro Fiúza do Teatro do Bolhão, que faz a assitencia de encenação, Hamlet está também aqui muito presente, nesta peça de Alfred de Musset. Estamos diante das morte de um tirano e nessa esperança de um novo mundo, mas tudo se frustra, Loranzaccio é um nome depreciativo, morre o tirano Alessandro, mas na cidade em Florença tudo fica igual, haverá esperança? Estamos na Florença do século XVI, numa peça que foi sempre tida como irrepresentável, pelo numero de personagens e pelas mudanças de tempo e de lugar, mas a contemporaneidade do tema da tirania, é de agora, também deste tempo. Lorenzaccio, assim muda o poder mas o poder fica como estava, Lorenzaccio é também um espetáculo sobre uma cidade, um ser coletivo feito de muitas vozes, comunidade humana que a corrupção política destrói e divide.

Lorenzaccio, no Palácio do Bolhão, no Porto, quarta e quinta às sete da tarde, sexta e sábado às 9 da noite e domingo às 4 da tarde ainda até 14 de novembro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de