Canceladas marchas populares de Lisboa e festa de São João no Porto

Santo antónio e são João terão de esperar por 2021. Agloeração de pessoas nas ruas não é compatível com prevenção dos contágios pelo novo coronavírus.

Este verão não haverá marchas populares em Lisboa nem festas de São João no Porto, devido à pandemia de Covid-19.

A Câmara Municipal e a EGEAC decidiram cancelar as marchas populares de Lisboa, previstas para 12 de junho, "seguindo as recomendações da DGS para reforçar o confinamento e distanciamento social".

Numa nota enviada à TSF, a Câmara Municipal de Lisboa adianta que o tema "Amália Rodrigues" transitará para a edição de 2021, "permitindo que todo o trabalho realizado (arcos, cenografia, figurinos), possa ser rentabilizado no próximo ano". As candidaturas para 2020 serão automaticamente consideradas para a edição do próximo ano.

Também a edição de 2020 dos Casamentos de Santo António está cancelada.

A elevada concentração de pessoas que marca os Arraiais Populares "é incompatível" com a sua realização, mesmo que se registe até julho uma eventual redução de contágios e do número de infetados no país, justifica a autarquia.

Também a Câmara Municipal do Porto decidiu não realizar este ano a tradicional festa de São João, "tendo em conta o potencial de risco para a saúde pública que este evento representa, ao reunir milhares de pessoas nas ruas da cidade".

"Uma medida que deixa os portuenses e todos os amantes desta grande festa certamente tristes mas que, nesta altura, se afigura a mais prudente, especialmente dada a incerteza de propagação do vírus e das suas consequências", escreve a autarquia em comunicado.

As verbas referentes às iniciativas das festas de São João, incluindo concertos e outras atividades de animação, ficarão alocadas "ao esforço do município nas diversas ações de combate ao atual cenário de pandemia".

Notícia atualizada às 12h34

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de