Marco Oliveira e Maria Rodés na Casa da Música: um concerto ibérico para duas vozes

O desafio partiu da Embaixada de Espanha. Depois de ouvirem o fadista português no Festival Internacional de Almagro, e mais recentemente no Teatro São Luiz, lançaram-lhe o isco. Marco Oliveira teria de escolher uma voz espanhola para uma parceria ibérica, integrada na Mostra Espanhola, que ainda decorre em Portugal.

Aceitou e escolheu Maria Rodés, escutando o tema Perfidia, que a cantora interpreta no filme original da Netflix, Viver Duas Vezes. "É uma voz que não se esquece." Fados, boleros e outros poemas é o que aí vem.

De Pablo Neruda a Amancio Prada, por Ruas e Memórias, o último álbum de Marco Oliveira, e o último produzido por José Mário Branco, ou Lilith, o mais recente trabalho de Maria Rodés, será neste universo sonoro que os dois músicos se encontram pela primeira vez.

Os ensaios por Zoom fazem antecipar o melhor, e talvez sonhar com novos concertos. Para já, vai ser no Porto, na Casa da Música, que pisam o palco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de