Marionetas gigantes, comédia e jazz. É o Festival Contrapeso

A Mákina de Cena traz a Loulé "From Paris with Love" ,7 espetáculos de teatro e jazz, que incluem 6 estreias nacionais e a presença de 25 artistas de 12 nacionalidades.

Os programadores e organizadores do festival Carolina Santos e Marco Martins viveram alguns anos em Paris e trouxeram as suas vivências para a 2.ª edição do Festival Contrapeso. "From Paris with Love é a Mákina de Cena a mostrar o que foram as suas inspirações artísticas", admite Carolina Santos. Mas a codiretora artística sublinha que neste festival não há apenas companhias e grupos franceses. São 25 artistas, de 12 nacionalidades, e os quatro dias de festival trazem concertos de jazz, teatro e workshops em vários locais da cidade de Loulé.

O festival arranca esta quinta-feira, dia 1 de dezembro com a estreia nacional de "Scotland!", pela companhia britânica The Latebloomers, um espetáculo de comédia física para toda a família, que foi premiado nos festivais Fringe de Perth, Adelaide, Praga e Paris. À noite o pianista franco-grego Antoine Karacostas, apresenta-se em quarteto no Solar da Música Nova, o espaço destinado à programação musical do festival.

O australiano Sam Dugmore assume, no dia seguinte, o papel de maior herói de ação de todos os tempos em "Manbo" na Casa da Mákina e mais tarde, o guitarrista francês Florent Souchet apresenta-se em trio com Anders Ulrich no contrabaixo e Guilhem Flouzat na bateria, num concerto de jazz que alia a novas sonoridades

A comédia física sobre um velho solitário e um cão "sem-abrigo" que se tornam amigos e que decidem entrar no mundo das danças de salão, intitulada "Strictly Come Barking" e protagonizada pelos comediantes Jonathan Tilley e Oliver Nilsson estreia-se na Casa da Mákina no dia 3 de dezembro.

À noite, no Cineteatro Louletano, a companhia Plexus Polaire, que na sua última passagem por Portugal, esgotou o Teatro Nacional D. Maria II com "Moby Dick", apresenta o espetáculo "Dracula - Lucy's Dream", em estreia nacional, através de marionetas de tamanho humano manipuladas por cinco atores. No palco irá misturar-se o real com o inanimado.

Na próximo ano, a 3.ª edição do Festival Contrapeso será totalmente realizada com artistas nacionais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de