Mimo e Amarante - o casamento perfeito

O festival Mimo acontece de 26 a 28 de julho em Amarante.

Mais de 70 mil pessoas passaram pelo festival Mimo na edição de 2018. Este ano, o fim de semana de 26 a 28, promete mais uma enchente na cidade e o presidente da Câmara Municipal, José Luis Gaspar, assume a importância de ter conseguido o Mimo, em Amarante, desde 2016.

As Igrejas de São Pedro e São Gonçalo, o Museu Amadeu de Souza Cardoso, o Centro Cultural de Amarante e o Parque Ribeirinho são os palcos mas toda a cidade é envolvida pelos sons, imagens e públicos do festival. O Mimo mexe com a cidade de Amarante mas também com toda a região envolvente, revelando a importância económica e social que um festival e a cultura podem ter e têm para toda a região.

Tal como no ano passado, depois dos três dias de festival, há uma exposição que fica na cidade. A mostra "Abstração. Arte Partilhada Coleção Millennium BCP" vai ocupar o Museu Amadeo de Souza-Cardoso com mais de 30 obras de 18 autores nacionais e internacionais como Maria Helena Vieira da Silva, Arpad Szenes, Mário Cesariny, Paula Rego, Júlio Pomar, Nadir Afonso ou Eduardo Nery, entre outros.

Para além desta exposição, há música, cinema, workshops, foruns de ideias e chuva de poesia. É o muito que se pode viver no Mimo, de 26 a 28 de Julho, em Amarante.

Outros Artigos Recomendados