"Símbolo da imigração portuguesa." Ministro vai ao funeral de Roberto Leal

Morte do cantor levou PS a cancelar campanha eleitoral no Brasil.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, vai estar presente no funeral de Roberto Leal, marcado para esta segunda-feira à tarde em São Paulo, no Brasil. À TSF, o ministro disse que foi uma coincidência estar no país nesta altura.

"Estava a voar quando soube que o Roberto Leal tinha morrido e que o funeral era hoje [segunda-feira]. Consequentemente o Partido Socialista cancelou as suas atividades de campanha e hoje, em São Paulo, aproveitarei para participar no funeral de Roberto Leal", revelou à TSF Augusto Santos Silva.

Augusto Santos Silva lembrou ainda a importância do cantor, que morreu no domingo aos 67 anos.

"O Roberto Leal era e continuará a ser um símbolo do que é a comunidade luso-brasileira e do que é a imigração portuguesa. Depois de ter singrado no Brasil nunca perdeu de vista as raízes portuguesas e contribuiu, com a sua música, para o enriquecimento da cultura e da expressão em língua portuguesa", acrescentou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Roberto Leal está em câmara ardente na Casa de Portugal, em São Paulo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de