Museu do azulejo de Joe Berardo abre dia 25 de julho em Estremoz

O projeto é financiado por fundos comunitários, pele FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), com dois milhões e meio de euros e é uma parceria com a Câmara Municipal de Estremoz.

O museu do azulejo do empresário Joe Berardo vai abrir em Estremoz, no Alentejo, a 25 de julho. O presidente da Câmara Francisco Ramos diz, em entrevista à TSF, que o espaço pode ser uma mais-valia para o turismo na região.

O projeto é financiado por fundos comunitários, pele FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), com dois milhões e meio de euros e é uma parceria com a Câmara Municipal de Estremoz.

"É um museu de azulejo que resultou de uma recuperação de um palácio que estava degradado e que era propriedade do comendador Berardo que na sequência de uma candidatura que terão feito foi possível recuperar esse imóvel e vai lá estar patente uma coleção de azulejos que eu penso que será uma das melhores coleções de azulejos da Europa", explica o autarca à TSF.

Francisco Ramos espera que o museu receba muitas visitas, sublinhando que "a cultura é sempre um bom negócio".

"Mesmo fazendo as contas em relação a custos diretos e a receitas diretas possivelmente poderá estar muito equilibrado, dependerá dos visitantes que venhamos a ter", sustenta.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de