"Ninguém constrói uma carreira sozinho." Tiago Rodrigues é Prémio Pessoa

Em entrevista à TSF, o dramaturgo diz esperar "estar à altura" da distinção.

Tiago Rodrigues, o diretor do Teatro Nacional Dona Maria II, é o vencedor do Prémio Pessoa 2019, uma iniciativa do semanário, anunciado no Palácio de Seteais, em Sintra, esta sexta-feira.

Em declarações à TSF, Tiago Rodrigues não esconde a felicidade por receber o Prémio Pessoa, uma distinção que o encenador faz questão de partilhar com todos os que o têm acompanhado nos últimos 20 anos de carreira.

Tiago Rodrigues considera que esta distinção acaba por premiar também a qualidade e a vitalidade do teatro que se faz em Portugal. Questionado sobre se o Prémio Pessoa pode ser um trunfo na luta da cultura por mais verbas no Orçamento do Estado, o encenador diz esperar que sim.

Na ata, o júri justificou a escolha dizendo que Tiago Rodrigues tem "uma carreira excecional dentro e fora do país" e tem dado um contributo notável à Cultura.

Em declarações à TSF, o presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, revelou que a lista mais curta de possíveis vencedores incluía várias áreas mas a escolha acabou por recair num nome da área cultural.

O Prémio Pessoa é concedido anualmente "à pessoa de nacionalidade portuguesa que durante esse período [o ano em causa] e na sequência de uma atividade anterior" tenha protagonizado "uma intervenção particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica do país.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de