Noturnos, Edgar Allan Poe, Na Quinta Da Regaleira

A Companhia de Teatro Improvisado, Os Instantâneos, improvisa novos contos de Edgar Allan Poe, na Quinta da Regaleira, em Sintra, é o espetáculo Noturnos.

Tudo começa com o próprio escritor norte americano, Edgar Allan Poe, num bar, onde passava muitas horas e depois tudo se desenrola a partir daí e do estranho desaparecimento e da morte ainda hoje envolta em mistério, Marco Graça que encenou este espetáculo e onde também participa, realça, é à volta do escritor que todos os contos e poemas percorrem os lugares mais icónicos e feéricos da Quinta da Regaleira. À meia noite onde toda a quinta que de dia já tem lugares fantásticos, passa a ter lugares assombrosos, é também à procura do fantástico de Edgar Allan Poe. Descobrir novos contos, criados à noite à volta da história do desaparecimento de Edgar Allan Poe que foi depois encontrado a deambular nas ruas e três dias depois morre, onde estaria estado o escritor que diz antes de morrer que Deus nos ajude a todos.

Nocturnos, da Companhia Os Instantâneos, todas as sexta e sábados na Quinta da Regaleira, em Sinta, `muito perto da meia noite ainda até 07 de setembro.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados