O Amor de Pedro e Inês no Porto

Depois da estreia em Almada, Reinar Depois de Morrer, estreia esta noite no Teatro Nacional S. João, no Porto, é a história de Pedro e Inês contada por dramaturgo espanhol do século XVII.

É a tragédia do amor contra as razões de estado, a mais lendária história de amor portuguesa, escrita por um dramaturgo espanhol Luis Vélez de Guevara e agora encenado por outro espanhol, Inácio Garcia, foi apenas buscar um terço do texto original. Pedro é José Neves, com a Inês, Margarida Vila- Nova, quando a vontade do indivíduo fica subalterna com a dimensão do poder. Um especulo que traz para o interior de cada uma das personagens os dilemas e sofrimentos de um amor contra as conveniências. Cada um, sempre mais débil, é vergado pelas razões de estado, nem o amor mais puro e apaixonado, consegue vencer essa força maior da supremacia das conveniências.

De Luis Vélez de Guevara, encenação Ignacio García, tradução Nuno Júdice, cenografia, José Manuel Castanheira, figurinos Ana Paula Rocha, desenho de luz Guilherme Frazã, adaptação José Gabriel Antuñano, assistência de encenação João Farraia, interpretação Ana Cris, João Lagarto, José Neves, Leonor Alecrim, Margarida Vila-Nova, Maria Frade, Pedro Walter e as crianças Diogo Moura, Gonçalo SaraivaO ator José Neves foi gentilmente cedido pelo Teatro Nacional D. Maria II, , coprodução, Companhia de Teatro de Almada, Compañia Nacional de Teatro Clásico

Reinar Depois de Morrer da Companhia de Teatro de Almada, estreia esta noite no teatro Nacional S. João, no Porto e fica, hoje e amanhã às sete da tarde e no sábado às 7 da tarde.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de