O Planeta DEntro de Nós e Onde Vivemos

A Rumo do Fumo, estrutura criada por Vera Mantero, faz vinte anos e agora o espetáculo "O Limpo e o Sujo", faz parte dessa comemoração, está na Culturgest, em Lisboa, esta sexta e amanhã sábado.

A coreografa Vera Mantero criou a Rumo do Fumo em 1999, faz agora vinte anos e nessa ideia de marcar essas duas décadas, traz de novo ao palco "O Limpo e o Sujo", a ultima criação está esta noite e amanhã na grande sala da Culturgest, vinte anos de um trabalho de dança contemporânea. O Limpo e o sujo, está relacionado com essa ideia de vivermos dentro de nós próprios e dentro deste planeta onde habitamos, o subjetivo e o sustentável. O movimento e a energia, tudo que vem do corpo, do corpo da dança, do corpo ecológico que se movimenta mas que precisa de espaço, do planeta sustentável. Vera Mantero, que rumo terá o fumo, num planeta sustentável.

DIREÇÃO ARTÍSTICA.Vera Mantero, COCRIAÇÃO, Elizabete Francisca, Vera Mantero, Volmir Cordeiro COM, Elizabete Francisca, Francisco Rolo, Vera Mantero, MÚSICA, João Bento, ESPAÇO CÉNICO, FIGURINOS, João Ferro Martins, DESENHO DE LUZ, Eduardo Abdala OPERAÇÃO DE LUZ, Manuel Abrantes, ENSAIADORACarolina Campos, PRODUÇÃO, O Rumo do Fumo, COPRODUÇÃO Maria Matos Teatro Municipal, Teatro Municipal do Porto, CND - centre d"art pour la danse, Musée de la Danse - Centre Chorégraphique National de Rennes et de Bretagne

"O limpo e o Sujo" de Vera Mantero e da estrutura Rumo do Fumo, hoje e amanhã, sexta e sábado 29 e 30 de Novembro 2019, no grande auditório da Culturgest, esta noite às 21h00, amanhã às19h00.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados