PróToiro oferece bilhetes a crianças. Associação Animal apresenta queixa

A Inspeção-geral das Atividades Culturais está a analisar a reclamação da associação de defesa dos direitos dos animais.

O Ministério da Cultura não tem ainda resposta a uma queixa apresentada pela Associação Animal. Esta associação de defesa dos direitos dos animais queixa-se de associações de tauromaquia, que estão a oferecer bilhetes grátis a crianças até 12 anos, para um espetáculo marcado para o final do mês, no Campo Pequeno, em Lisboa.

Questionado pela TSF, o Ministério da Cultura remete para a Inspeção-geral das Atividades Culturais que, por sua lado, adianta que o assunto está a ser analisado pelo departamento jurídico.

Rita Silva, presidente da Animal, considera que chegou a altura de fazer respeitar a lei que proíbe a entrada de menores de 12 anos em espetáculos de tauromaquia, bem como as recomendações do comité da ONU para os direitos das crianças.

A responsável da associação explica que a oferta de bilhetes grátis a crianças é não só uma provocação, mas também uma reação ao Orçamento do Estado, que contempla um aumento do IVA nas touradas.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de