Rui Patrício nomeado administrador da Fundação Berardo

Ministra da Cultura decidiu nomear o advogado para a administração da fundação.

O advogado Rui Patrício é o novo membro do conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Coleção Berardo (FAMC) nomeado pelo Governo, anunciou esta terça-feira o Ministério da Cultura.

De acordo com um comunicado oficial, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, decidiu nomear o advogado para a administração da fundação, no seguimento da renúncia ao mandato de João Nuno Azevedo Neves.

"A Ministra da Cultura decidiu nomear o advogado Rui Patrício novo membro do Conselho de Administração da Fundação Arte Moderna e Contemporânea - Coleção Berardo (FAMC), na sequência da renúncia ao mandato de João Nuno Azevedo Neves", pode ler-se no comunicado.

O comunicado surge na sequência de uma notícia do Jornal Económico de que João Neves, nomeado como administrador pelo anterior ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, apresentou a demissão à tutela na semana passada.

No centro da discórdia, segundo o Económico, estaria o processo de guarda do arresto das cerca das mil obras de arte José Berardo que estão no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, onde está instalado o Museu Coleção Berardo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de