Rui Rio enaltece "um dos principais símbolos do teatro português"

Rui Rio deixou ainda um agradecimento à atriz "pelo exemplo de vida" que a todos deixa.

O presidente do PSD, Rui Rio, enalteceu e considerou a atriz Eunice Muñoz, que morreu esta sexta-feira aos 93 anos, como "um dos principais símbolos do teatro português".

"A minha homenagem a um dos principais símbolos do teatro português e uma mulher que eu muito admirava e cuja memória para sempre guardarei com o mais genuíno respeito", escreveu o social-democrata, na rede social Twitter.

Eunice Muñoz morreu esta sexta-feira, no Hospital de Santa Cruz, em Lisboa, disse à agência Lusa o filho da atriz.

Nascida na Amareleja, no concelho de Moura, distrito de Beja, em 1928, Eunice Muñoz completou em novembro 80 anos de carreira.

Rui Rio deixou ainda um agradecimento à atriz "pelo exemplo de vida" que a todos deixa.

Filha e neta de atores de teatro e de artistas de circo, ao longo da carreira Eunice Muñoz entrou em perto de duas centenas de peças, trabalhou com cerca de uma centena de companhias, segundo a base de dados do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e, no cinema e na televisão, o seu nome está associado a mais de oito dezenas de produções de ficção, entre filmes, telenovelas e programas de comédia.

Em abril do ano passado, foi condecorada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, cerca de três anos depois de ter recebido a Grã-Cruz da Ordem de Mérito.

Ao longo de 2021, contracenou com a neta Lídia Muñoz, na peça "A margem do tempo", em diferentes palcos do país, numa digressão que culminou no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, em 28 de novembro, exatamente 80 anos após a sua estreia.

O Governo vai decretar luto nacional no dia do funeral da atriz Eunice Muñoz, anunciou o Ministério da Cultura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de