Sarah Maldoror: cinema negro, anticolonialista, feminista
Indie Lisboa

Sarah Maldoror: cinema negro, anticolonialista, feminista

Conhecida por um cinema militante, de luta contra o colonialismo, Sarah Maldoror, que morreu em 2020 aos 89 anos de idade, é a cineasta com direito a retrospetiva no Indie Lisboa. Carlos Ramos, do Indie Lisboa, fala de uma cineasta especial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de