Sophia, "um objecto mágico" nos 100 anos da poeta que amava o mar

No dia em que completaria um século de vida, Sophia de Mello Breyner Andresen é celebrada à beira do mar, que tanto a inspirou.

Em 1961, a editora Valentim de Carvalho lançou um formato inovador d' "A Menina do Mar", o primeiro livro infantil de Sophia de Mello Breyner Andresen. Na altura, a leitura dramatizada tinha interpretações de Eunice Muñoz, Francisca Maria, António David e Luís Horta, com música de Fernando Lopes-Graça.​

No centenário de nascimento de Sophia, a editora reedita "A Menina do Mar", numa edição inédita e limitada, com prefácio de Marcelo Rebelo de Sousa.

Rui Portulez, da Valentim de Carvalho, considera que a edição especial é "um objecto mágico", de descoberta, esperando que possa "suscitar interesse para descobrir a obra e fazer novas leituras. É uma edição irrepetível e que vai ficar", afirma.

*a jornalista não escreve segundo o Acordo Ortográfico de 1990

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados