"The Disciple" vence Lisbon & Sintra Film Festival

O Nobel da Literatura Peter Handke foi um do jurados da 14.ª edição do festival.

O Lisbon & Sintra Film Festival (LEFFEST) premiou o filme "The Disciple", do indiano Chaitanya Tamhane, como vencedor da edição de 2020. O filme retrata a vida de de Sharad, músico indiano, que defende a música clássica.

"The Disciple" é protagonizado por Aditya Modak e conta ainda com Vivek Gomber como produtor.

O Prémio do Júri João Bérnard da Costa foi para "The Best is Yet to Come", de Jing Wang. O filme passa-se em 2003, na China, e é inspirado num acontecimento da vida real. Antes da imersão da era digita, um jovem estagiário de jornalismo alterou uma lei discriminatória através de um artigo num meio de comunicação.

Jing Wang estreia-se em longas-metragens com "The Best is Yet to Come".

Já o prémio especial do júri, atribuído aos nomes emergentes pela contribuição artística, foi entregue a dois intérpretes. Franz Rogowski foi um dos vencedores pela interpretação em "Undine", de Christian Petzold.

O prémio especial do júri foi também para ​​​​​​​Blanche Gardin pela sua interpretação em "Apaga o Histórico", de Benoît Delépine e Gustave Kervern.

O júri do LEFFEST foi composto por Peter Handke, realizador e escritor, vencedor do Nobel da Literatura em 2019, Frédéric Bonnaud, diretor da Cinemateca Francesa, Cecilia Bengolea, bailarina e coreógrafa. Gabriel Abrantes, cineasta e artista e Neviller Wakefield, curador de arte e escritor, completaram a equipa de jurados.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de