Três mulheres escreveram, agora três mulheres leem em voz alta

Ainda Marianas é um espetáculo a partir das Novas Cartas Portuguesas, das três Marias, vai estar em Almada.

Três mulheres, Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa escrevem As Novas Cartas Portuguesas, seguindo aquelas outras cartas que atribuímos à freira Mariana Alcoforado, aqui as três Marias, como ficaram conhecidas, quando foram a julgamento, no anterior regime, ninguém ainda hoje sabe quem escreveu o quê, agora Catarina Rôlo Salgueiro e Leonor Buescu, trazem estas reflexões agora em voz alta juntado documentos de 72 quando o livro foi publicado e 73 quando as três Marias foram acusadas de ter publicado um livro insanalvelmente pornográfico e atentório da moral pública. Aqui, este espetáculo, refere Leonor Buescu, é uma forma de ouvir a voz das muitas Marianas, ainda Marianas, ainda mulheres.

A mulher na condição em que vive, no livro das três Marias está a paixão, a clausura feminina, a escrita, o isolamento e o abandono e na altura também a guerra colonial, e agora é uma crónica de São José Almeida que também faz o primeiro aceno para esta ideia do palco.

Sempre em fundo, um certo tempo, antes de 74, momentos da história que enquadram tudo, mas o fundamental destas novas autoras, para a dramaturgia foi criar da palavra escrita palavras ditas.

Estas são as mulheres, talvez ainda marianas mas a fazerem esta reflexão em voz alta de uma memória de todos, dos 50 anos que já passaram, e que afinal...

Criação e dramaturgia de Catarina Rôlo Salgueiro e Leonor Buescu,Cenografia e figurinos Ângela Rocha, Desenho de luz Manuel Abrantes, Desenho de som André Pires, Interpretação Ana Baptista, Rita Cabaço, Teresa Coutinho,, Assistência de encenação Rafael Gomes, Produção executiva Leonardo Garibaldi, Residência de criação O Espaço do Tempo, Centro Cultural Vila Flor, Co-produção Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Municipal Baltazar Dias, Centro Cultural Vila Flor

De regresso ao palco, Ainda Marianas, agora na sala experimental, do Teatro Municipal Joaquim Benite, sábado às 21h00, domingo às 16h00.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de