UNESCO destaca português como "língua de criatividade"

Audrey Azoulay lembrou os poetas os poetas Rui Knopfli e Fernando Pessoa.

A diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, assinalou o Dia Mundial da Língua Portuguesa numa mensagem vídeo em que destaca o português como "uma língua de criatividade", mas também de inovação e ciência.

"Na UNESCO sabemos que esta é uma língua de criatividade, de música, do fado à morna, passando pelos poetas da Bossa Nova. Uma língua de literatura, de cinema, de património, mas também uma língua de ciência, de inovação, de pedagogia, de mar e oceanos", afirmou Audrey Azoulay.

A mensagem vídeo de pouco mais de um minuto foi divulgada no site oficial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), juntamente com a mensagem de António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas.

A diretora desta organização, sediada em Paris, destacou ainda os poetas Rui Knopfli e Fernando Pessoa, arriscando mesmo algumas palavras na língua de Camões.

O Dia Mundial da Língua Portuguesa foi formalmente reconhecido pela UNESCO no final do ano passado, entrando assim para os calendários oficiais de comemorações a nível mundial.

A UNESCO declarou, em novembro do ano passado, 05 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa, mediante proposta de todos os países lusófonos apoiada por mais 24 Estados, incluindo países como a Argentina, Chile, Geórgia, Luxemburgo ou Uruguai.

O português é falado por mais de 260 milhões de pessoas nos cinco continentes, ou seja, 3,7% da população mundial.

É língua oficial dos nove países-membros da CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) e Macau, bem como língua de trabalho ou oficial de um conjunto de organizações internacionais como a União Europeia, União Africana ou o Mercosul.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de