Universidade do Porto quer alargar Corredor Cultural a estudantes de toda a Europa

A iniciativa vai promover o livre acesso de estudantes universitários, nacionais e estrangeiros, a museus e salas de espetáculos.

A Universidade do Porto quer criar um Corredor Cultural que permita aos estudantes universitários de toda a Europa entrarem gratuitamente nos museus e salas de espetáculos da União Europeia.

Fátima Vieira, vice-reitora para a área da Cultura da Universidade do Porto, explica em declarações à TSF que este livre acesso já existe no Porto, mas a ideia é alarga-lo a todos os estudantes nacionais e estrangeiros.

"Começámos no Porto e podemos considerar que é um projeto-piloto muitíssimo bem sucedido. Temos grande abertura por parte das instituições, e queremos muito replicá-lo, primeiro à escala nacional", conta Fátima Vieira.

A vice-reitora da Universidade do Porto sublinha que o Corredor Cultural também prevê a existência de descontos para todos os estudantes do ensino superior de instituições públicas e privadas de todos os países abrangidos pelos acordos Erasmus+.

"A única coisa que os estudantes têm de fazer é mostrar o European Student Card, o cartão de estudante europeu que vai ser agora criado pela União Europeia."

Além de museus, várias salas de espetáculos e teatros, assim como o Coliseu do Porto, já têm descontos para estudantes. Os bilhetes para espetáculos no Teatro Nacional São João, no Teatro do Campo Alegre e no Teatro Rivoli, por exemplo, ficarão a metade do preço.

Para além de promover a cultura, este projeto tem ainda uma preocupação formativa, com cadeiras artísticas e científicas em parceria com teatros, museus, a Casa da Música ou o Jardim Botânico, para pôr os estudantes em contacto direto com os agentes culturais.

A proposta da Universidade do Porto de criar um Corredor Cultural vai ser apresentada esta segunda-feira durante a Cimeira Universidade & Cultura, organizada no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de