Urban Sketchers fazem uma centena de desenhos em Foz Côa este fim de semana

Iniciativa (a)Riscar o Património levou 26 pessoas do grupo Urban Sketchers a Foz Côa.

Pelo menos uma centena de desenhos foram feitos este fim de semana em Foz Côa. A iniciativa (a)Riscar o Património, da Direção-Geral do Património Cultural, levou até ao Vale do Côa 26 pessoas do grupo Urban Sketchers para desenhar a vista.

Margarida Botto, responsável desta direção-geral, contou à TSF como decorreram as pinturas neste fim de semana.

"Durante estes dois dias, com o que o tempo permitiu, o grupo dividiu-se em dois. Uns ficaram no museu, enquanto os outros foram à Canada do Inferno, um dos sítios arqueológicos com gravuras", explicou Margarida Botto.

Em dois dias há mais de uma centena de desenhos para todos os gostos, sublinha Margarida Botto.

"Pelo menos uma centena deles foram feitos, seguramente. São desenhos rápidos e todos eles desenvolvem as suas técnicas muito próprias. Uns fazem colagens, outros têm aguarelas ou canetas. Há uma grande diversidade dentro deste registo rápido", afirmou a responsável pela Direção-Geral do Património Cultural.

Terminada a iniciativa (a)Riscar o Património, os desenhos vão futuramente ser expostos em Vila Nova de Foz Côa.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados