"Não somos coitadinhos, temos direitos." Vigília pelo fim da precariedade na cultura

Esta quinta-feira profissionais da setor da cultura e das artes vão realizar, durante todo o dia, uma vigília em frente à Assembleia da República. Dizem que não querem ser coitadinhos, mas exigem os seus direitos.

Anaísa Raquel, uma das organizadoras da vigília Cultura e Artes, diz que o objetivo é dar voz a um setor que sempre viveu em precariedade e que nos últimos dois meses ficou sem qualquer fonte de rendimento e quase sem apoios do governo.

"A nossa situação já era muito complicada, com muitas falhas a nível laboral, muita coisa que não está legislada... Quando nos mandaram para casa no dia 10 de março, a nossa situação foi também de calamidade. É preciso dar voz, mostrar que não somos coitadinhos mas exigimos direitos! Somos contribuintes, pagamos como todos os trabalhadores e temos que ter os mesmos direitos!"

A vigília vai realizar-se em mais 18 cidades, estes profissionais dizem que chega, exigem que o governo dê respostas e trace um plano para apoiar este setor.

"Não somos artistas, somos profissionais, queremos que revejam o estatuto do profissional porque não existe, há profissões que nem estão legisladas! Temos que reformular a lei do trabalho, o nosso regime tem que funcionar a contratação, os recibos verdes têm que acabar. Contratação a curto, médio e longo prazo. Chega!"

Anaísa Raquel explica que a vigília em Lisboa, frente à Assembleia da República, vai cumprir todas as regras de segurança, nunca estarão mais de 10 pessoas, que se vão revezando por turnos." Estaremos em silêncio, em turnos de meia hora e que nunca terão mais de 10 pessoas. Não é uma manifestação, mas estamos na rua com as devidas regras e normas de segurança".

A vigília Cultura e Artes começa às 9h e termina às 19h. Quem quiser juntar-se ao movimento, mas de forma virtual , basta partilhar uma imagem com #vigíliaculturaeartes - e se tivéssemos ficado sem cultura?

LEIA AQUI TUDO SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de