Volta ao Mundo cresce nas vendas em banca e nas assinaturas

A revista Volta ao Mundo pertence à Global Media que detém a TSF, o Jornal de Notícias, o Diário de Notícias, O Jogo, entre outras publicações.

De acordo com o mais recente relatório da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT), referente ao segundo trimestre de 2021, a revista Volta ao Mundo aumentou as vendas em banca e em assinaturas e registou um comportamento positivo em todos os parâmetros analisados, apesar das fortes restrições impostas ao mercado global de turismo.

No digital, o aumento nas assinaturas em relação ao trimestre anterior foi de 20,7%.
Recorde-se que, no primeiro semestre do ano, o tráfego do site da Volta ao Mundo cresceu em média 50%, quando comparado com os valores alcançados em 2020.
Relativamente à circulação paga, e na comparação com o segundo trimestre de 2020, verificou-se uma subida de 11,4%. Na comparação com o trimestre anterior (janeiro-março de 2021), esse aumentou fixou-se nos 9,1%. Olhando apenas para a venda em banca, a evolução entre os segundos trimestres de 2020 e de 2021 foi de 18,8%. Na comparação com o trimestre anterior de 2021, a subida pautou-se pelos 6,3%.

O comportamento positivo da Volta ao Mundo teve também expressão nas assinaturas, tanto em papel como digitais. As primeiras, e na comparação com o segundo trimestre homólogo, verificaram um aumento de 21,9%. A subida em relação ao primeiro trimestre de 2021 foi de 1,6%.

A Volta ao Mundo foi considerada a melhor revista de viagens em Portugal, ao conquistar o prémio "Escolha do Consumidor 2021" na categoria "Imprensa e Viagens", atribuído pela ConsumerChoice. Arrecadou o primeiro lugar das preferências dos consumidores, com 44,9%, naquele que é considerado o sistema de avaliação de marcas número um em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de