Altice rejeita prazo para migração da TDT

A operadora entregou ontem à Anacom, um calendário alternativo para alteração dos emissores da televisão digital terrestre.

Na proposta, a empresa gestora da rede TDT sugere o início da transição em fevereiro de 2020 e a conclusão 5 meses depois.

De acordo com um comunicado da Altice Portugal, este prazo, inclui a perspetiva de entrega dos novos equipamentos nos próximos quatro meses, e um período de substituição de cinco meses e meio.

No mesmo comunicado, a Altice garante que o prazo para a disponibilização das frequências que ficam vagas, para utilizar na rede 5G, até agosto do próximo ano, não fica comprometida.

Leia aqui o comunicado na integra

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados