Agosto de 2022 bate todos os indicadores do turismo em Portugal

Os proveitos nunca foram tão altos, os números de turistas nunca foi tão elevado e nunca se pagou tanto por um quarto como em agosto deste ano.

Agosto foi, até agora, o melhor mês de sempre para o turismo em Portugal, confirma esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE). Os proveitos de agosto nos estabelecimentos de alojamento turístico atingiram os 797 milhões de euros, um valor nunca atingido pelos hotéis em Portugal.

Um mês a faturar 797 milhões de euros representa uma melhoria de 25% face ao mês de agosto de 2019, que era até agora o melhor mês para o Turismo em Portugal.

Assim, são superados os valores pré-pandemia. Foram 9,9 milhões de dormidas, 37% das quais resultam do mercado interno. Foram os portugueses a alavanca para este recorde na hotelaria, porque comparando com agosto de 2019, as dormidas de residentes em Portugal aumentaram 8%.

Mas os mercados externos continuam a predominar e totalizaram 6,2 milhões de dormidas, no mês em análise.

Os aumentos das dormidas foram sentidos em todas as regiões. Entre os municípios com maior representatividade no total nacional da atividade turística, destacam-se Lisboa e Albufeira que, em conjunto concentraram 27% do total de dormidas do país.

Só o concelho de Lisboa atingiu 1,5 milhões (quota de 14,9% do total).

Este mês de agosto o rendimento médio por quarto disponível atingiu "os valores mais elevados desde que há registo", de acordo com o INE. Estamos a falar de uma média de 102 euros por dia e por alojamento, um aumento de 21% face a agosto de 2019.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de