Alerta da PSP. Número de burlas com MB WAY está a aumentar

A polícia recomenda aos cidadãos que nunca sigam instruções de desconhecidos para fazer pagamentos por MB WAY.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) alerta que estão a aumentar as burlas relacionadas com a aplicação de pagamentos MB WAY. Numa publicação feita, esta manhã, na sua página oficial de Facebook, a PSP informa que, só nos primeiros cinco meses deste ano, foram registados 135 casos de burla do género.

Houve "um aumento de ocorrências relacionadas com burlas através do MB WAY, especialmente em 2019", lê-se na nota publicada. "Existem 99 registos referentes a burlas deste género em 2018, no nosso Sistema Estratégico de Informação. Em 2019, até dia 31 de maio, já existiam 135 registos", explicitou a PSP.

A polícia explica que os burlões costumam aproveitar "anúncios que as vítimas colocam online para venda de objetos" (em sites dedicados a este tipo de comércio como OLX, CustoJusto, entre outros). As vítimas são contactadas "telefonicamente pelos supostos compradores - os burlões". "Na sequência desse contacto, os burlões convencem as vítimas a dirigirem-se a um ATM para, supostamente, efetuarem o pagamento do objeto via MB WAY. Quando conseguem enganar a vítima, aproveitam o desconhecimento que a vítima possui sobre a aplicação MB WAY e, através de indicações enganosas sobre os procedimentos a adotarem, conseguem aceder à conta bancária da vítima e fazer vários levantamentos e compras de forma ilegítima."

Deste modo, a vítima é levada a "introduzir no ATM o número de telemóvel do suspeito e o fornecimento do respetivo código, associando-o ao seu cartão de Multibanco, convencida de que são os procedimentos próprios para receber o pagamento através do MB WAY, acabando por cair na armadilha", esclarece a PSP, alertando que, quem segue estes passos está a dar aos burlões a capacidade de fazerem levantamentos indevidos da sua conta bancária.

Para evitar cair nestes esquemas, a PSP recomenda aos cidadãos que nunca sigam instruções de desconhecidos para fazer pagamentos por MB WAY; que peçam sempre o esclarecimento de todas dúvidas aos seus bancos, antes de começarem a usar a aplicação e, e que, caso não compreendam o funcionamento da mesma, se recusem a obter pagamentos por MB WAY.

A polícia avisa ainda os utilizadores deste tipo de sites de compras que tentem sempre fazer os negócios presencialmente, ou, caso não estejam na mesma área geográfica do comprador, por transferência bancária.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados