Obrigatório ou recomendado. Consulte na íntegra o plano de Portugal para poupar energia

Veja a resolução do Governo com todas as medidas para poupar energia.

PorMelissa Lopes
© Artur Machado (arquivo)

Foi esta terça-feira publicado em Diário da República o plano de poupança de energia de Portugal para fazer face à crise energética agravada pela guerra na Ucrânia.

O Plano de Poupança de Energia 2022 -2023 aprovado pelo Governo "contém medidas recomendadas e obrigatórias", sendo as últimas referentes à administração pública central.

Todas as medidas são classificadas por prazo de implementação (até 3 meses e entre 3 a 12 meses), incluindo as que devem ter implementação imediata (estas últimas relacionadas com comportamentos e recomendações, que não requerem investimento), sublinha o documento.

Para a administração central, o Governo determinou que, entre 6 de dezembro de 2022 a 6 de janeiro de 2023, a iluminação natalícia só poderá funcionar entre as 18h00 e as 24h00.

A iluminação com caráter decorativo de edifícios será desligada a partir das 22 horas no período de inverno e a partir das 23 horas no verão. E as luzes das montras e similares serão desligadas após o encerramento do estabelecimento.

Para as famílias pouparem energia, o Governo recomenda, por exemplo, a adoção do teletrabalho e vai promover a redução da velocidade nas estradas para o máximo de 100 km.

O Governo determinou ainda, a partir de 1 de outubro, uma suspensão temporária nos recursos hídricos de 15 albufeiras, "até que sejam alcançadas as cotas mínimas da sua capacidade útil que venham a ser estabelecidas".

Ouça aqui a síntese do plano pela jornalista Dora Pires.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

CONHEÇA O DOCUMENTO COM TODAS AS MEDIDAS NA ÍNTEGRA

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG