Aumento dos combustíveis? ANTRAM admite "medidas de protesto como nunca antes vistas"

O aumento do preço dos combustíveis esteve em debate, esta manhã, no Fórum TSF. A ANTRAM considera que o "ignorar dos apelos" por parte do Governo é "grave demais".

A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) promete fazer protestos com uma dimensão nunca antes vista. No dia em que os combustíveis voltaram a subir, com o preço do gasóleo a ultrapassar os dois euros por litro, a ANTRAM diz que, no final do mês, esta subida representa, pelo menos, um gasto acrescido de 500 euros por viatura.

Sem poderem recorrer ao gasóleo profissional, os transportadores sentem-se de mãos atadas. No Fórum TSF, Pedro Polónio, presidente da ANTRAM, avisou o Governo que se nada for feito, os empresários vão avançar com medidas duras de protesto.

"O Governo não vai poder continuar a fazer aquilo que está a fazer, a adiar proteger esta indústria como tem estado a fazer. Neste momento, os nossos transportadores vão ter que ter uma palavra muito mais séria na sociedade sobre aquilo que está a acontecer, porque isto é inadmissível", afirma.

Pedro Polónio adianta que a ANTRAM "admite tomar medidas de protesto de uma forma como nunca o admitiu".

"Nós nunca procurámos ser um ponto de discórdia. Sempre procurámos ter uma atitude de cooperação com o Governo, fomos sempre o fiel da balança entre os movimentos de manifestação e o Governo. Procurámos ser sempre aquela mola que está ali a ligar as duas partes mais afastadas, mas neste momento parece que não nos estão a deixar fazer isto. A ausência, o ignorar dos apelos, está a ser grave demais", considera.

Os combustíveis estão esta segunda-feira em novos máximos históricos. Apesar de mais um corte no Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP), a gasolina deve aumentar 14 cêntimos por litro e o gasóleo 12. Desta forma, o litro de gasolina está a rondar os 2,30 euros. Já o gasóleo está a ser vendido, novamente, acima dos dois euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de